DELIM GÁS

DELIM GÁS

28 de agosto de 2017

Maioria dos vereadores decretou derrota aos servidores municipais

Vídeo-foto: CMCD
A noite desta segunda-feira (28) foi triste para os servidores municipais de Carnaúba dos Dantas.

Sob a presidência do edil Dué Azevedo (PMDB), os vereadores, por cinco votos favoráveis e três contrários aprovaram o Projeto de Lei nº 007/2017, de autoria do Poder Executivo, que dispõe sobre a regulamentação, organização e criação de cargos, funções e quantidades e dá outras providências.

De fato o projeto foi necessário, vez que não havia atribuições dos cargos dos concursos públicos realizados em 1997 e 2010. E foi através de recomendação do Ministério Público que a administração produziu esse projeto.

O que os servidores têm questionado não é o projeto em si, mas as atribuições que foram colocadas em desacordo com os cargos do concurso público de 2010, citando-se, por exemplo, casos dos auxiliares de manutenção (que até barcos e navios vão ter que consertar, e também mexer com entulhos entre outras várias atribuições), além do auxiliar administrativo, que desempenhará também as funções inerentes ao de auxiliar administrativo escolar. O gari, por outro lado, não vai apenas limpar ruas e praças, a lista de atribuições é extensa.

São atribuições, portanto, incompatíveis com os cargos disputados em 1997 e 2010.

Havia ainda esperança dos funcionários de serem votadas as emendas apresentadas pelo vereador Fabiano Pacômio, que corrigiam a proposta nociva aos servidores, porém, todas elas foram rejeitadas pelo mesmo placar de 5 X 3.

Veja o placar e como cada vereador votou:

Votaram a FAVOR do projeto do prefeito:
Dué Azevedo (PMDB): votou favor do projeto;
Marcelo de Zé Dantas (PV): votou a favor do projeto;
Marli de Medeirão (PDT): votou a favor do projeto;
João Maria da Oficina (PMDB): votou a favor do projeto;
Nilson de João Grilo (PROS): votou a favor do projeto.

Votaram CONTRA o projeto:
Fabiano Pacômio (PT): votou contra o projeto;
Josiene de Fabinho (PSD): votou contra o projeto;
Marfran Santos (PSD): votou contra o projeto.

O Vereador Pepeto (PSD) não compareceu a sessão justificando que estava no JERNS acompanhando os estudantes.

O projeto foi debatido entre os vereadores, assessor jurídico da prefeitura, secretários e alguns servidores que se fizeram presentes a sessão.

Com esse resultado, os servidores municipais sofreram uma terrível derrota que somente o tempo dirá da sua dimensão.

Fonte: Carnaúba Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário